Malefícios da modernidade

Ok, ok… O título é um pouco estranho para uma mulher tão moderna e antenada como eu. Porém, a verdade é, caros leitores, que a modernidade que invade nossas vidas e cotidiano, traz um ritmo frenético e alucinado que quase não permite mais a contemplação. E contemplar faz falta. É isso que estou sentindo. Falta de contemplação. Falta de tempo. Corro tanto, sempre com mil e uma tarefas e demandas, no trabalho, em casa, nos meus estudos (agora o maridão irá advertir que isso é porque estou sempre inventando coisas; no caso, cursos… hahahaha), que me falta tempo. Falta tempo, inclusive, para cuidar de mim. Quantos livros que não estou conseguindo ler? Quantos shows que não estou conseguindo assistir? Quantos filmes perdidos? Quantos amigos distantes? Quantas mensagens não lidas? Quantos retornos não dados? Sad, so sad… E não pensem que sou pessimista (quem me conhece sabe que sou uma otimista incorrigível que faz graça mesmo nas trevas), mas acho que precisava de um desabafo para gritar ao mundo que me falta tempo e que não estou conseguindo fazer coisas das quais eu gosto muito. Dizem que a percepção é o primeiro passo para um processo de mudanças. Portanto, o primeiro item da minha “wishlist”, prioridade zero, é cuidar mais de mim. Isso inclui a contemplação que tem me faltado sobre as coisas mais simples da vida. Incluiu, também, reorganizar meu tempo de forma a retomar as atividades que me agradam. Afinal, trabalho enobrece, mas diversão (lazer, não importa que nome se dê ao ócio criativo) nutre a alma.

PS.: Talvez todas essas sensações estejam agravadas pelo stress que a obra que estamos fazendo aqui em casa está me causando. Afinal, para quem tem TOC, desordem, bagunça e sujeira são um inferno! 😉
PS2.: Meu marido não gosta que eu diga isso, mas tenho que repetir: ele é um santo homem! Love you, honey!

Anúncios

Um comentário sobre “Malefícios da modernidade

  1. My dear and sweet wife…

    Sei dos seus dias atribulados. Normalmente você já tem uma rotina cansativa no trabalho onde já não bastam os problemas de sistema, atendimento ao público e agora, para piorar, pessoas dando sinal de imaturidade explícita e querendo atenção da mamãe Dani. Poor Dani… Além disso, a maldita obra que ia durar 2 ou 3 dias e já dura 7. Nem eu que não me melindro com bagunça já não estou aguentando. Tomara que tudo se resolva de uma vez.

    E de santo não tenho nada mesmo. Posso até ter algumas qualidades que me tornam mais santo que a média mas isso não qualifica ninguém a reivindicar uma cadeira no céu (que você sabe que eu torço pra não existir. Hahahaha).

    Mas o importante é que nós nos amamos muito e vamos enfrentar tudo juntos, o que não é pouca coisa nos dias de hoje em que os casais recebem tal título só por causa de um documento registrado em cartório. Isso sim é sad, so sad…

    Love you.

    Beijos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s