Minhas mãos

Minhas mãos que tecem o tempo E se entrelaçam nas tuas Costurando nossas vidas Unindo nossos sonhos Ocupadas com teu contento Acalentam nosso amor E fecundas o alimentam Desejando que as tuas mãos Sempre busquem as minhas   Anúncios

Despedida

Meus sonhos foram todos roubados, ela pensou Vejam só onde eu queria estar e onde eu estou Onde foi que eu abandonei a sorte ou teria sido ela que me abandonou Ao final do caminho, julgo pouco o que restou Quem poderia entender as inquietações de uma alma que há muito cansou Com olhos suplicantes, … Mais Despedida

Espera

Vazias paredes sombrias Espaços que aguardam teus abraços Longa e aflita espera que me destempera Para somente me reordenar ao te ver chegar Com cores inebriantes cores Que me transbordam em ti de amores  

A rosa e o espinho

Contemplando a rosa, ela percebeu. Quando seu olhar se deparou com a rigidez do espinho. O espinho também pode ter sua beleza. O espinho também é belo. Lá estava ele, confiante, todo cheio de si, destemido. O espinho vive à sombra da rosa. Sua missão é protegê-la. E lá está ele, de prontidão, aguardando a … Mais A rosa e o espinho

Nesta gélida manhã em que te procuro Invadida pelas saudades tuas Desejando estar nos teus braços Acordando entre beijos e abraços Somente a lembrança do teu amor me aquece

Desse corpo em que repousas Faz a tua morada Enfeita com teus beijos os lábios meus Guarda meu calor nas tuas mãos E faz de mim o abrigo teu