Republicando…

Como minha inspiração continua brincando de esconde-esconde comigo, resolvi revisitar meus textos e republicar algumas coisas das quais gosto muito. É o caso do texto abaixo, produzido em agosto de 2010.
Meus sonhos foram todos roubados, ela pensou
Vejam só onde eu queria estar e onde eu estou
Onde foi que eu abandonei a sorte ou teria sido ela que me abandonou?
Ao final do caminho, julgo pouco o que restou
Quem poderia entender as inquietações de uma alma que há muito cansou
Com olhos suplicantes, minhas mãos ela pegou
Deixe-me ir, disse, para que possa enfim retornar ao que sou
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s