Jardim…

Sozinha e perdida num vasto jardim. A beleza das flores distraia-lhe o olhar, um aroma delicioso capaz de acalmar a alma, cores e cores e cores. Porém ela não esquecera que precisava seguir. Reservou alguns instantes para pensar. Os girassóis pareciam lhe sorrir. No entanto, decidiu seguir a trilha das azaléias, sempre lhe agradara mais … Mais Jardim…

Da janela…

Da ampla janela, ela avistava o mar. Podia sentir o cheiro da areia molhada, ouvir o barulho das ondas. Podia sonhar. Imaginava quantos barcos teriam cruzado aquelas águas, quantos casais teriam trocado juras de amor avistando aquele mesmo horizonte. Enquanto esperava, divertia-se criando essas histórias, decidindo esses destinos. Quantas conchas teriam sido pegas pela menina … Mais Da janela…

Novo projeto!

Minha alma é inquieta e eu, certamente, não sei ficar muito tempo parada. Na verdade, com sou uma contradição de salto alto, sei sim: há dias (ou períodos) em que percebo a necessidade e me permito ficar sem fazer absolutamente nada, o que também faz um bem danado! Porém é da minha natureza o movimento. … Mais Novo projeto!