Na Vitrola: Cristina Branco

Depois de ouvir Coeur de Pirata na manhã desse sábado, passei ao fado. Eis uma bela viagem cultural, não?

Apesar de gostar muito do grupo Madredeus e da maravilhosa Teresa Salgueiro, minha escolhida foi Cristina Branco. A portuguesa que completa 40 anos em 2012 cantou pela primeira vez, de brincadeira, num jantar de amigos e não se considera fadista. Sua carreira teve início na Holanda, quando, durante uma série de concertos, gravou seu primeiro álbum em 1996. Apesar de ter sido a Holanda que lhe abriu as portas para o sucesso, Cristina logo se tornou conhecida mundo afora.

Em 2011, a cantora lançou seu décimo-segundo álbum, Não há só tangos em Paris, que é uma delícia de se ouvir. Ainda não consegui ouvir toda a discografia, mas pelo pouco que já ouvi, Cristina Branco está aprovadíssima. Carismática, versátil e dona de uma bela voz, passeia por culturas, estilos musicais e idiomas só para o nosso deleite.

Compartilho aqui a música título de seu último trabalho: Não há só tangos em Paris.

Gostou? Confira mais aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s